19 agosto 2014

Shampoo e condicionador Organix Coconut Milk e natação


Olá crespinhas e cacheadas, eu gostaria de recomendar para vocês uma dupla shampoo + condicionador que tem me deixado muito satisfeita, principalmente levando em consideração que eu voltei para a natação desde meados de julho.

Eu me preocupei e ainda me preocupo, em manter meu cabelo sadio e bonito mesmo fazendo natação, sabemos que o cloro agride o cabelo, tenho lido em diversos blogs recomendações diversas quanto á isto, algumas dicas funcionaram e outras não. Por enquanto, eu tenho usado uma touca de lycra, a touca de silicone me incomoda, pucha e quebra os cabelos na hora de tirar, não gosto da sensação tátil dela também.

Tentei usar duas toucas, não gostei, um dia exagerei no creme e as duas ficaram bem escorregadias e saíram, tentei usar somente a touca de silicone - escorregou e saiu.

Eu tenho feito assim: antes de ir para a aula eu molho totalmente o cabelo e aplico um condicionador bem nutritivo, aplico uma quantidade média, não posso usar muito senão a touca não fica na cabeça. Volto para casa, lavo o cabelo com shampoo (não acredito que co wash  vai tirar o cloro), lavo uma vez bem lavado e aplico um condicionador, enxáguo e aplico máscara ou então fico somente no condicionador, mas aí eu deixo ele todo no cabelo como faz a Teri LaFlesh (falei dela aqui). 

OBS - Fica bastante creme ? Fica, mas ele sai quando eu desembaraço o cabelo, sai mais ainda quando faço a fitagem e no final eu dou umas amassadinhas com uma camiseta velha, sai mais ainda, no final fica a quantidade certa. O excesso inicial é importante para desembaraçar sem quebrar o cabelo.

Molhar totalmente o cabelo é uma dica que li em um blog e já vi comentários nos grupos do Facebook (não lembro qual, sorry), o cabelo super molhado com água normal (doce) não irá absorver tanto a água clorada da piscina, o condicionador ajuda a proteger, mas tem que ser um condicionador bem nutritivo, nada levinho não. Algumas meninas usam óleo vegetal, mas eu não gostei, até a touca de lycra saiu com o óleo.

O shampoo e condicionador da Organix, linha Coconut Milk, são produtos que eu estava de olho já a algum  tempo.

O shampoo


Tenho usado muito, o shampoo é bem grosso, meio transparente e amarelado, cheirinho leve de coco e limpa muito bem. Vou postar a composição aqui abaixo.


O Disodium Laureth Sulfosuccinate é um surfactante suave, até aí tudo bem, mas consta na composição também, outro surfactante, que é conhecido como sendo tão "brabo" quanto o Sodium Lauril Sulfate (sulfato tradicional), estou falando do Sodium C14-16 Olefin Sulfonate. Por conta deste componente adiei a compra por um certo tempo, até que resolvi verificar porque tinha tantos elogios a este shampoo nos blogs estrangeiros.

Aqui falam sobre o Olefin Sulfonate:
e aqui também:


Olha... apesar da má fama do Olefin, o shampoo não ressecou, nem me deu alergia (são as acusações que ele recebe), não vi resultado negativo algum. Os outros componentes da fórmula irão equilibrar tudo para nos proporcionar um bom resultado.
Na foto saiu a sombra do rótulo "in english" que ficou embaixo do rótulo em português, tentei levantar a etiqueta mas vi que ia rasgar, então deixei.


Tem um silicone, mas silicone em shampoo em grande parte vai pelo ralo, é acrescentado para suavizar a lavagem e não fica no cabelo, o shampoo também tem componentes ótimos na formulação: aminoácidos da seda, pantenol, extrato de coco, óleo de coco, proteína do leite hidrolizada e... vejam só, albumina (lembram da aula de biologia ?  Sim, clara de ovo contém albumina - elemento reconstrutor). Tudo isso junto, faz uma lavagem suave.

Outra cisma que eu tinha era que, contendo albumina, ele deveria ser super reconstrutor... não houve efeito reconstrutor forte como eu temia.



O condicionador


O condicionador da linha é bem grosso, branco, cheiro delicioso de coco, espalha muito bem, eu aplico e dou uma enxaguada leve quando pretendo usar máscara, quando não uso máscara eu deixo ele todinho no cabelo (meu cabelo é um mix de 3C com 4A super seco), desembaracei sem problemas, super bem. 


Composição excelente a deste condicionador, vejam só:




Temos aqui no condicionador: dois silicones, glicerina, óleo de jojoba (é o Simmondsia Chinensis Seed Oil), pantenol, aminoácidos da seda, extrato de coco, óleo de coco, proteína hidrolizada do leite e albunem.
Albunem é a clara de ovo, enquanto a albumina é uma proteína oriunda de diversas fontes, dentre elas a clara de ovo também, o nome "albunem" se refere exclusivamente á albumina fornecida pela clara do ovo.
Os outros ingredientes são encontrados em quase todos os condicionadores, são elementos para dar maior emoliência, conservantes, fragrância e etc.

O cheirinho de coco no shampoo é muito suave, o cheiro do condicionador é parecidíssimo com o cheiro do leite de coco, os perfumes de coco não ficam no cabelo, depois de seco quase não percebi o cheiro de coco, ficou cheirinho de "cabelo limpo" mesmo. O preço: aqui no Rio eu paguei em torno de R$ 50,00 por cada um (é infelizmente não é baratinho), os produtos são muito bons e valem o preço. O shampoo vai demorar muito para acabar, um pouquinho dele já basta para lavar o cabelo, rende muito, já o condicionador vai acabar primeiro, meu cabelo é guloso ! 

Gostei muito,  após secar, o cabelo fica super macio, hidratado e soltinho, mesmo o condicionador sendo bastante "rico", ele não pesou, talvez possa pesar para um cabelo fino e ondulado, aí só testando mesmo.

Espero que a minha experiência seja útil para vocês, paro por aqui ! 





04 agosto 2014

Assessoria dos Cachos: dúvidas frequentes


Olá, amores crespos! A postagem de hoje é para esclarecer a algumas dúvidas sobre a Assessoria dos Cachos que desde que divulguei aqui no blog tenho recebido frequentemente. Espero com isso, diminuir alguns equívocos e melhor informá-los. Vou colocar as perguntas entre aspas, como se estivesse me entrevistando. Vamos lá? xD

Carine Oliveira, do blog Carmelitas, durante o evento BC Coletivo na sede do Coletivo Afro Caeté.
"A Assessoria dos Cachos é um bate-papo?"
Não, a Assessoria é uma sessão que leva de 3h a 4h, onde eu vou aplicando os produtos solicitados num passo a passo, desde o pré-shampoo à finalização dos cachos. Aproveitando para em cada um dos passos, ir mostrando como deve ser feito, esclarecendo mitos e corrigindo erros frequentemente cometidos no dia a dia dos cuidados em casa. Mas pode ser um bate-papo, por exemplo, para quem está começando a Transição Capilar e quer orientações a respeito de como passar por essa fase, e para quem já faz No-poo e tem dúvidas de como prosseguir com a rotina.

"As pessoas vão até você de cabelo liso e voltam cacheadas. Você transforma o cabelo liso em cachos?"
Não. Isso é um equívoco. O que acontece é que a maioria das minhas clientes passaram por Transição Capilar, ou seja, pararam com as químicas durante meses, com isso, a raiz natural cresceu. O que eu fiz, foi cortar a parte química e deixar a natural, que é cacheada, bem tratada.

"Onde fica o salão?" 
No momento o atendimento é à domicílio, para residentes em Maceió ou à distância, pelo e-mail.

A cliente LaísAnjos retirou toda a química um dia depois de seu casamento. 



"Faz aplicação de Permanente Afro?" Nem permanente, nem nenhum outro tipo de química. O foco desse serviço é a aceitação do cabelo exatamente como ele é, ou seja, natural.







"O meu cabelo vai ficar como o seu?" 
Não. O seu cabelo vai ficar como o seu. O que vai mudar é a forma como você vai passar a cuidar do seu cabelo, para tê-lo mais saudável. E a mudança de hábitos que vou passar na assessoria contribuirá para que seu cabelo melhore.

"Tem algum custo o serviço?"
Sim, é uma prestação de serviço como qualquer outra.

"É preciso cortar o cabelo para realizar a assessoria?" 
Não, necessariamente. Precisa cortar o cabelo quem está em Transição Capilar já há meses. Como disse, nessa fase o cabelo está em duas texturas: a raiz natural crescida e o restante do cabelo quimicado. Nesse caso, o ideal é realmente cortar, para que fique somente o cabelo natural. Para quem já tem o cabelo natural tem o serviço de corte à seco separado da assessoria. Mas para ambos os casos eu sempre indico a assessoria + corte, pois o corte contribui para a definição dos cachos e nem sempre uma pessoa com o cabelo natural está em tratamento contínuo para os cachos e às vezes cometendo erros que fazem muita diferença no resultado de um cabelo saudável.
E a Flaminhia deu adeus a toda química de uma vez só: BC!

"Você faz tranças e penteados?"
Não. O foco do meu serviço é o tratamento. Eu vou repetir que especialmente para clientes que estão saindo da Transição ou que já tenham cabelo natural, mas não sabe lidar com ele.

"Da lista de produtos que você solicita, você colocou um produto que no rótulo diz Pós-progressiva, mas eu não fiz progressiva, posso usar?"
Claro que sim! Produtos pós-progressiva, geralmente são à base de ingredientes reconstrutores, como proteínas, cisteínas, queratinas... Escolho os produtos não pelo rótulo, mas sim, pela composição dos mesmos, que é a informação que realmente importa.

"Você não vai solicitar creme na lista?"
Não. Porque utilizo condicionador para deixar no cabelo. Isso é possível já que ambos são a mesma coisa, porém o condicionador é bem mais potente que o creme. A Andrea já fez uma postagem sobre isso, aqui.

"A assessoria serve para crianças?"
Com certeza! Quantas crianças são levadas a aplicação de químicas transformadoras porque a mãe não sabe lidar com o volume do cabelo crespo da criança? A essas é que tenho mesmo interesse de levar a assessoria. Para orientar às mães e para mostrar para a criança que o cabelo dela é lindo sim, mas precisa de alguns cuidados. Quando tratamos o cabelo crespo de uma criança, não tratamos só de sua aparência, mas de evitar danos psicológicos nela.

Clientinha Cecília Araújo, em seus 6 anos.

 Se tiverem mais dúvidas, é só deixar um comentário, se quiserem marcar ou saber valores entra em contato comigo pelo e-mail: tamires_melo15@hotmail.com