26 outubro 2013

oleo de macadâmia



Olá crespinhas e cacheadas ! Hoje vou falar sobre mais um óleo maravilhosamente benéfico para nossos cabelinhos: o óleo de macadâmia.



A macadâmia é uma noz, de origem australiana, foi introduzida em diversos países, os aborígenes australianos utilizam a macadâmia há milhares de anos, pelo seu alto valor nutricional e benefícios em manter o organismo saudável. A macadâmia atualmente é extremamente valorizada, não só na culinária como também na utilização cosmética de seu óleo, para a pele e os cabelos, os óleos com maior teor de ácidos graxos encontrados na natureza são o de macadâmia e o famoso óleo de argan – merecidamente chamado de “ouro líquido do Marrocos”, enquanto o argan é raro e de extração difícil (cuidado com as falsificações comercializadas por aí, não existe óleo legítimo de argan barato, olho vivo), o de macadâmia tem uma produção mais abrangente e facilitada, pois não está em extinção.


Tanto o óleo de argan como o de macadâmia devolvem os elementos emolientes naturais dos cabelos, proporcionando nutrição e proteção dos raios solares e também repara em profundidade,  doando elasticidade e brilho. (Bom demais heim !)

Mais vantagens:

==>   Oferece nutrição intensa, maciez, auxilia a desembaraçar evitando os nós, combate o frizz,  doa brilho e maleabilidade. 
      ==>   É um óleo leve, fácil absorção e não deixa sensação engordurada.
      ==>   Evita o desbotamento nos cabelos tingidos.
      ==>   Beneficia muito os cabelos quimicamente tratados também.
      ==>   Doa maior elasticidade, evita formação de pontas duplas e quebras.
      ==>   Como todo bom óleo, sela levemente as cutículas, segurando a hidratação por mais tempo. 
      ==>   Muitas pessoas que não se adaptaram ao azeite e outros óleos (já li reclamações em    diversos  sites que alguns cabelos lisos ou finos não respondem bem aos óleos mais pesados), pode usar o macadâmia que terá um bom resultado.



Minha experiência com o óleo de macadâmia.

Sou apaixonada por este óleo, uso ele para: turbinar máscaras, umectações e especialmente para fazer LOC, ele parece ter “nascido” para o LOC, pois é muito leve, não deixa o cabelo com aspecto de que levou óleo e senti melhora significativa nos meus cachinhos a partir do momento em que privilegiei este óleo no LOC. Outra característica que eu adoro em fazer o LOC com o óleo de macadâmia é que ele praticamente não tem cheiro, isso é ótimo, não quero que o cheiro dos produtos usados nos cabelos interfiram com meu perfume.
Veja técnica do LOC aqui, a Tamires já ensinou.



Como comprar um bom óleo de macadâmia ?

Sempre dê preferência pelos óleos vendidos em lojas de produtos naturais, para finalidades comestíveis, são os melhores, o grau de pureza é maior.
Quando for comprar qualquer óleo, não só o de macadâmia, faça sempre assim, evite os óleos vendidos em farmácias (a não ser que seja o de rícino, este pode comprar na farmácia porque é legítimo, como é um purgante, você encontrará um produto sem misturas).
Não confie em óleos fabricados por empresas de cosméticos, sempre estão misturados com outros elementos, alguns vem até com silicones misturados... aí não vale. Já vi um óleo de amêndoas de marca cosmética que até óleo mineral tinha na composição...
Muitos óleos puros terão escrito no rótulo 100% puro e sem descrição de composição, pois só tem o próprio óleo mesmo. Sempre compro os comestíveis.

Como reconhecer - ele é bem fino, amarelo muito clarinho, quase sem cor, cheiro suave demais, quase não se percebe e a pele absorve rápido.
Por hoje é só, espero que gostem e experimentem este óleo maravilhoso que é o óleo de macadâmia.

beijos
~ Andréa  ~

14 outubro 2013

produto testado: linha óleo de argan, multi vegetal



Olá, amores crespos! xD 
Hoje vou falar dos produtinhos que recebi da Multi Vegetal pra testar: a linha completa de Óleo de Argan e o Gel Fixador de Babosa e Ibisco. E pra começar já vou ressaltando que os produtos são todos à base do natural, livre de petrolatos, silicones, parabenos e não testados em animais, motivo pelo qual aceitei receber os produtinhos e agora vamos de resenha! \o/ #VemComigo
Sobre a Linha
Conjunto de uso diário para Limpeza, Hidratação e Nutrição de cabelos secos ou ressecados, especialmente os crespos e encaracolados. O efeito hidratante do Óleo de Argan combinado com a Seiva de Aloe e o Extrato de Hibisco recuperam brilho, maciez e vida.

Contém:
- Óleo de Argan - Argania Spinosa Kernel Oilnutre, reestrutura, fortalece, suaviza e hidrata os cabelos controlando o volume e o Frizz;
- Seiva de BabosaHidratação, nutrição e suavização dos fios;
- Extrato de Hibisco - Hibiscus Sabdariffacontém alfa-hidroxiácidos com ação anti-radicais livres e hidratantes;

Composição
Como eu já disse, a Multi Vegetal é minha empresa queridinha justamente por ser uma das poucas que se preocupam com nossa saúde e de nossos fios livrando das fórmulas de seu produtos petrolatos, parabenos, silicones e outros compostos que nenhum bem fazem.
No site vocês podem conferir a composição de cada produto -->> http://www.multivegetal.com/conjunto-de-argan.php

O que eu achei... 
- Do shampoo:
Por ser transparente é um shampoo limpante, e nesse quesito o produto realmente cumpriu a função. Mas em relação ao Shampoo Para Cabelos Escuros da mesma marca, senti que esse ressecou mais. Então passei a fazer pré-shampoo em todas as lavagens com ele e amenizou totalmente. É normal xampu sem sulfato dá uma ressecada, mas isso aconteceu só assim que terminei de lavar. Porque xampus no geral, sempre resseca, é limpeza, é retirada da nossa hidratação capilar natural. Por isso é muito importante ou aderir o pré-shampoo ou sempre que lavar, seguidamente hidratar. #ficaadica Eu gostei do shampoo, mas não é meu queridinho da linha, ainda prefiro o para cabelos escuros. Ah, eu gostei da tampinha do rótulo: como tem trava, facilita bastante pra viagens e pra economizar...! ;)
- Do Condicionador
Meu preferido da linha! A parte nutrição que a linha promete acredito que vai no condicionador. Senti meu cabelo nutrido e até percebo uma certa "oleosidade" na consistência dele, que por sinal nem é rala nem grossa, se fosse mais grossa eu usaria como creme, mas me contento em misturá-lo aos meus cremes na hora de finalizar. #Ficaadica Facilitou bastante o desembarace, já que eu desembaraço os meus fios na etapa condicionador, depois de hidratar, como sempre. Usei-o também nos meus pré-shampoos e isso fez com que na hora de lavar, o cabelo ficasse super macio, derretendo... Ainda misturei ao pantenol (bepantol) pra hidratar e adorei o resultado. ^_^ Aprovadíssimo!
- Do creme para pentear
O creme foi o que eu menos repeti o uso. Mas eu já sabia disso antes mesmo de testar porque meu cabelo não absorve bem os cremes, especialmente se a textura não é densa. Meu cabelo é poroso e precisa de finalizadores mais potentes. Tanto que uso condicionadores pra finalizar, faço técnica do LOC que pede óleo e ainda os géis caseiros. \o/  Mas pra quem gosta de cremes mais ralinhos e que não pesem, que for tipo 3a e 3b, vai adorar esse. Ah, aqui vai a promessa de brilho da linha. Deixou meu cabelo um brilho só! ^_^ E pra terminar o frasco fui usando antes de dormir e nos day-afters. Isso porque as opções pra quem usa produto em muita quantidade na hora de finalizar devem ser leves pra que o cabelo não pese e foi assim que adaptei o uso desse creminho.
Bom, amores, este é meu parecer sobre a Linha Óleo de Argan, da Multi Vegetal. Espero servir de apoio a quem estiver pesquisando. ^_^  Não esqueçam de prestar atenção sempre aos ingredientes dos produtos. Eu sempre associo escolher um produto pelos ingredientes, pela composição. Nesse sentido essa linha e outros produtos da Multi Vegetal não deixam a desejar mesmo, muito pelo contrário: sempre me surpreendo com a combinação de bons compostos nos produtos. A dica é adaptar os produtos aos seus procedimentos capilares. Vocês viram que usei o condicionador como pré-shampoo, como creme para pentear, que usei o creme somente antes de dormir e ao acordar... Enfim!
 Abaixo, uma fotinha do cabelo utilizando todos os produtos, logo nos primeiros testes em que usei somente eles. Como os produtos não pesam, ganhei volume fácil, uma maciez de algodão e o brilho era visível à distância =3
Obs.: Eu já fiz resenha do Gel Fixador aqui. Mas como o produto veio com nova formulação, haverá uma resenha só sobre ele em uma próxima postagem.

Até a próxima... ;D 
Tamires

04 outubro 2013

Nova no blog!



Olá, crespas! tudo bem? xD
Como a Tamires já falou com vocês, estou chegando agora por aqui...
Quero dizer que é uma honra estar neste blog trocando ideias com vocês sobre cabelitchos crespos!
Agradeço o convite da Tamires e da Deia, espero que vocês gostem das minhas postagens ;-)


Apresentando meu cabelo:
Meu cabelo é muito fininho, e nunca fiz alisamentos. Quer dizer, já fiz progressiva, mas bem de leve, não cheguei a perder os cachos. Faço luzes e isso me custa muitos cuidados extras.

Eu estava pensando sobre o que escrever como estréia, daí me peguei lembrando do meu cabelo desde a infância...
É muito difícil nos acertarmos com a forma de nosso cabelo crespo, não? Pelo menos das maneiras mais comuns que a mídia normalmente mostra. Quando eu era pequena, minha mãe não sabia como cuidar do cabelo crespo. Ela mesma costumava fazer touca ou escova na adolescência, e depois ela partiu pro cabelo bem curtinho. Foi a maneira que encontrou praticidade no dia a dia. Minha avó (uma cabocla esperta) era daquelas que pra se sentir arrumada passava o cabelo a ferro. =O



Ou seja, eu não conhecia condicionador quando eu era adolescente! Imagina isso! Minha mãe achava que fazia mal. Pentear cabelo era uma tarefa irritante! Cheguei a quebrar um espelho de raiva! Odiava meu cabelo.
Usei por muitos anos o mesmo corte reto comprido, que ficava sem forma, sem cuidados adequados, e eu tinha que controlar o volume, emplastar de creme, usar preso.

Alguém se identificando...? o.O

Só recentemente descobri que o corte em camadas deixa o volume bonito, que o sulfato detona os fios, e fui descobrindo os cuidados que o meu cabelo especificamente pedia (cada cabelo é um...). Até então eu usava o cabelo escovado, mas ele começou a detonar e ficar feio mesmo com a escova. (Eu não tinha coragem de fazer progressiva mais vezes, pois passei mal quando fiz a primeira vez, que não durou muito e não alisou definitivamente meus cachos). Eu tinha medo de cortar o cabelo, Até que um dia, acordei corajosa, e corri pro salão pra cortar curto em camadas! E... adorei!

O que mais eu poderia escrever como estréia? Já sei! Algo que realmente me deixa indignada: esse padrão social de que o liso é que é o "arrumado"!

Quando converso sobre assumir os cachos com as crespas que curtem um alisamento, elas brigam comigo porque dizem que  buscam praticidade. É verdade, todas temos pouco tempo pra cuidar dos cabelos na correria do dia a dia. Eu mesma morro de preguiça. Mas fui descobrindo jeitos práticos de cuidar. Eu só amasso meus cachos, não faço dedoliss, fitagem, etc. Não tenho paciência.

Como estou chegando agora, cabe aqui uma observação importante: não condeno quem prefira fazer alisamentos, relaxamentos, etc. Todo mundo tem o direito de escolher o que gosta mais. Estou com a Andreia quando ela diz que não adianta deixarmos a ditadura do liso pra cairmos na ditadura do crespo. A pessoa é que sabe o que combina mais com sua personalidade.

O que me incomoda é ser uma "regra" social considerar cabelo arrumado aquele que é liso ou está escovado. É o senso comum, é o que apregoa a mídia frequentemente, é o que ouvimos as pessoas dizerem por aí. Quem (crespa) nunca ouviu "Por que você não faz uma progressiva?", "ia ficar mais arrumada", e por aí vão os comentários.

Esse preconceito está tão arraigado, essa imitação do padrão americano das loiras lisas, das bonecas Barbie, essa coisa toda. Talvez esteja mudando com o tempo. Eu quero acreditar nisso. Porque já vemos comerciais e filmes com crespas lindas! No "Skyfall" do 007, com aquela atriz linda do cabelo crespo (arrumada, chique E CRESPA). Tem também a Thaís Araújo, a Sharon Menezes...


Quem quer alisar o cabelitcho porque gosta, porque prefere ficar assim, beleza, vai fundo.
Mas, vejo muitas meninas que alisam por não saberem como cuidar do cabelo, como darem forma a ele, acham que está sem corte, sem brilho, cheio de frizz, e não encontram um bom cabeleireiro que saiba cortar um crespo. Daí, emplastam de creme, usam preso, grudado na cabeça. Ou acabam apelando pra química como se fosse a única solução. Como se cabelo "bom" fosse cabelo liso.
                                 

Realmente, em geral, o cabelo crespo pede mais cuidados do que o liso natural, pede mais hidratação, nutrição, reconstrução. Pedem um bom corte, que em geral é em camadas.
Mas e o liso não-natural? Não pede também muitos cuidados? Além do que, em muitos casos, o cabelo fica "espigado", esticado, ressecado, só que reto. E não fica bonito. A mulherada sai prendendo. Fora os problemas que muitas enfrentam com as químicas.


Aliás, tem muito cabelo liso que também pede tratamentos específicos. É aquela história: cada cabelo uma sentença. Tenho uma amiga que tem cabelo liso e faz progressiva porque ele é cheio de frizz. E realmente fica bom nela.

Mas... Uma vez que, em geral, a textura do cabelo crespo já é diferente do liso, vai precisar de mais cuidados mesmo. Alisado ou crespo. E o que ouço por aí é que o alisado dá mais trabalho ainda, porque não responde a tratamentos.
Então, gente, vamos atrás do conhecimento? Daí você decide o que é melhor pra você. ;D #ficaadica


Se você descobrir a verdadeira forma do seu cabelo crespo, será que não vai gostar? Será que um volumão bonito, os cachinhos brilhando, hidratadinhos, como o da Tamires por exemplo (que brilho é aquele?), será que não vai despertar sua verdadeira personalidade? Será que não vai destacar melhor o seu rosto? O seu olhar? Será que você não vai começar a "se achar" e ficar insuportável como uma amiga minha que ficou assim depois que descobriu a beleza dos cachos dela? (brincadeira, Eloana!) xD
Será que a não aceitação do seu crespo não seria na verdade um problema de auto-estima? o.O

Tá. pensa direitinho. Se ainda assim, prefere alisado, e o que eu estou falando é besteira pra você, alisa. Você é que sabe como prefere. Mas só gostaria que você desse uma chance pro seu cabelo mostrar a você como ele é (ou gostaria de ser). Daí você decide como se gosta mais. Não deixa a lavagem cerebral que a mídia gosta de fazer te pegar em cheio. Não deixa que te imponham padrões de beleza goela abaixo.

Cabelo crespo é cabelo com personalidade! É sensual, é adequado, é delicado, é lindo. Abra sua mente pra enxergar essa beleza. Tá cheio de meninas por aí se jogando nos cachos!

Vai lá, segue as diquinhas das crespas lindas que vos falam, se joga no volumão, e quando você pegar o jeito do seu cabelo, vai ver que ele nem vai dar tanto trabalho assim. Que vai ser prático. E lindo. De um jeito só seu. E você vai se sentir poderosa. ;D #sejoga

Beijos e até a próxima! =*

Fezoka