27 dezembro 2013

Da Transição ao Big Chop, por Carine Oliveira



Olá leitoras do Cabeleira crespa, meu nome é Carine Oliveira, tenho 19 anos, escrevo no Blog Carmelitas (aqui) e fiz meu Big Chop após 5 meses de transição, no dia 15/12/2013 no evento BC Coletivo, foi uma data super esperada, e eu vim aqui contar para vocês como foi a minha decisão, a hora do corte, e o pós:


A Decisão


Bem, eu não tomei essa decisão da noite pro dia, desde que comecei a transição, saberia que um dia ela teria fim, e que nesse fim eu poderia ficar de cabelo curto, então quanto a isso eu não estava muito preocupada. Desde o início eu tinha a ideia cortar no ombro em dezembro, fiquei com essa ideia até mais ou menos o 3º mês de transição, foi aí que comecei a pensar, e eu fui pela lógica, que eu deveria aproveitar as férias da faculdade para acabar logo com isso, eu não conseguia me imaginar de férias na praia e com aquele cabelo horroroso em transição, iria ser um sufoco, se caso eu cortasse em dezembro, eu teria um tempo de cuidá-lo e ainda iria ficar livre em janeiro, sem me preocupar em ficar pensando qual a solução eu arranjaria para as duas texturas. Outro fator que me incentivou, foi o fato de eu descobrir que se poderia doar cabelo com química para crianças com câncer, ao saber disso, e convicta de que eu já queria cortar por todos os outros motivos, eu marquei a data para dia 15 de dezembro, que além de ser a data do BC Coletivo das meninas em transição, seria a data mais fácil para mim.



Comunicando para Pais e amigos


Desde que comecei a transição, procurei não comunicar pra muita gente, só contei para pessoas próximas, e deixei o tempo passar até outras pessoas começarem a perceber algo de diferente, lá pelo meu 3º mês, eu ja comecei a contar para mais pessoas, mas mesmo assim ainda muito restrito á alguns, era um assunto que eu não gostava de ficar falando por aí, até porque nem todo mundo tem a mesma opinião, e certamente alguns iriam me criticar. Quando decidi cortar, contei apenas para minha irmã e minha prima que me apoia na transição, lá pelo 4º mês, eu já revelei para outras amigas próximas, e se limitou aí. Restava apenas meus pais saberem, e era um momento crítico porque eu tinha convicção que nenhum dos dois iriam apoiar, decidi contar apenas na semana do corte, até pra evitar que eles ficassem fazendo comentários que fossem me desmotivar, enfim chegou o grande dia de falar, primeiro contei a minha mãe, ela ficou totalmente em choque, e totalmente contra, no mesmo momento e coincidentemente meu pai chegou em casa e peguei carona na conversa e falei pra ele também , em primeiro momento ele apenas falou 'cabelo cresce', mas creio que ele falou isso por não ter noção do tamanho que iria ficar.


Marcando data, hora, e lugar


Eu queria muito que fosse um momento especial. De começo, tinha pensado em cortar eu mesma sozinha em casa, mas havia chances enormes de eu fazer buracos na minha cabeça ao invés de um corte bonito, daí começou uma reunião no grupo Cacheadas de Maceió, onde a Débora(que também ia fazer o bc) deu na ideia das meninas que iriam cortar, cortarem juntas já que era no dia do BC coletivo, adoramos a ideia e eu logo queria participar, e como um dia antes(dia 14) eu estaria em maceió para fazer uma prova, eu dei um jeito de ficar o dia 15 também e assim cortar com as outras meninas, a Tamires organizou tudo, arrumou o local, que foi no Coletivo AfroCaeté , e em um consenso marcamos o corte para ás 9 horas da manhã.



O grande dia do grande corte


Um dia antes, a noite, começou a me bater um indecisão, comecei a ficar nervosa, porque eu sabia que depois que cortasse não teria mais volta, cheguei até a chorar, pensei pela milésima vez nos prós e contras, e em meio de tanta indecisão, ouvi palavras belas e incentivadoras de alguns amigos. No grande dia, eu acordei feliz e ao mesmo tempo com uma pontinha de medo, após sonhar com o temido corte, no sonho todos gostavam e eu ficava linda, será que aquele sonho se realizaria? me arrumei, prendi o cabelo, coloquei um lenço, brincão, e óculos escuros, e eu estava decidida. Ao chegar no local, conheci a querida Tamires, que aliás é muito gente boa, e se começaram os preparativos para o corte, na minha frente estavam minha mãe e minha mãe me olhando com a maior cara de 'não acredito que ela está fazendo isso' , assim fazendo meu medo voltar, me deu mais uma crise de choro, uma mistura de felicidade com indecisão, pedi para a Tamires cortar primeiro o pedaço para a doação, e assim que ela deu a primeira tesourada, eu ali aos prantos pensei: 'agora não tem mais volta, seja bem vinda vida nova' , enxuguei minhas lágrimas, abri um sorriso, e me joguei na decisão, não me arrependi e nem me arrependo, nasci de novo, e foi a melhor coisa que já fiz. Vamos parar de falação e acompanhar as fotos (que por sinal, estão assustadoras de tão horrorosas kk):


Esse é meu antes, cabelo longo e raiz visivelmente alta.


Logo no começo, eu com minha cara de choro, e após a primeira tesourada da Tamires.

Ela fez um pré-corte, pra tirar o excesso do liso

Aqui, ela molhou um pouco, e começou a tirar o resto do liso.

E tudo isso de cabelo saiu de mim, e está indo diretamente fazer alguma criança feliz!


E finalmente o resultado, aqui foi um dia depois do corte.



É inexplicável a felicidade que eu estava sentindo, finalmente era eu mesma!


O pós-corte e reação das pessoas


Assim que o corte acabou, meu cabelo tava totalmente ressecado e indefinido, nada se compara a esta foto acima, estava horrível, logo quando eu saí do local e meu pai me viu, ele fez uma cara de espanto e não falou nada, mas eu sabia que ele não tinha gostado, foi tudo muito assustador no começo, mas hoje em dia eles já estão se acostumando. Logo após o corte, eu fui ao shopping comprar algumas coisas que combinassem com meu novo estilo, e de cara, eu me vi rodeada de olhares de desaprovação, mas eu realmente não liguei, levantei a cabeça e fingi que não estava vendo. Voltei pra minha casa no interior, no dia seguinte já postei a foto do resultado no fecebook e no grupo Cacheadas em Transição, e logo em seguida começaram aparecer muita gente me perguntando o porque daquilo, e juntamente com elogios, e palavras de apoio, por incrível que pareça muita gente gostou, muitas pessoas que eu nunca vi na vida me adicionando, talvez seja apenas curiosos para saber o porque do corte, muita gente veio me perguntar, e eu respondi educadamente, essas mesmas pessoas desconhecidas, que até então eu nunca tinha visto na vida, vieram me elogiar via bate-papo, como eu não poderia ficar feliz com elogios de desconhecidos? após tratar meu cabelo e arrumá-lo, os olhares na rua começaram a se diversificar, não eram mais apenas de desaprovação, um olhar de elogio e admiração começou a surgir, e junto com isso a minha felicidade e a certeza de que estava fazendo a coisa certa foi crescendo.



Os dias seguintes ao corte

Como não se desesperar com o ressecamento pós corte? Eu já sabia que quem fazia big chop ficava com o cabelo ressecado, e ele só começava a definir semanas depois, então começou a minha saga contra ele, comecei a seguir o cronograma direitinho, e sinto cada dia ele melhorar. Outra fato desesperador era não saber finalizar aquele cabelo tão curto, enfim.. está sendo uma semana de grade aprendizado e redescobrimento.

Visivelmente ressecado

Ressecamento + frizz


Pouca definição, e muito ressecamento (essa foto foi no dia do corte, o cabelo já hidratado e seco)


O único cachinho definido, lindoo *-*
3 dias depois..

A definição está melhorando, e percebi que já cresceu um pouco!


Minha Conclusão de tudo isso

Descobri que é legal ser diferente, que é legal ser a única de cabelo curto e cacheado no meio da rua, da família, e entre amigos. Que desapegar não é o fim do mundo, que a liberdade está mais perto do que você imagina, que enterrar o passado é preciso, que tomar decisões são difíceis e determinadoras, que em um segundo eu posso ser um pessoa, em dois segundos eu viro a pessoa. Descobri que receber críticas nem sempre é tão ruim, e que absorve-las ou ignorá-las é um forte. Descobri que preconceito é muito além de cor, raça ou religião, que nossa sociedade é bem mais preconceituosa quanto eu imaginava, e que abrir mão de coisas boas é preciso para conseguir outras bem melhores. Enfim, eu me considero duas pessoas, uma antes e uma depois do big chop, um novo ciclo começou, um ciclo de redescobrimento, e eu não apenas mudei o cabelo, estou mudando tudo, meus pensamentos e meu jeito, pra melhor, claro. A dica que eu dou para as meninas que estão em dúvida, é que pensem muito bem, eu que estava tão decidida ainda fiquei na dúvida no dia, imaginem vocês que estão indecisas, faça quando se sentir pronta, não faça nada no impulso para não se arrepender, mas se você como eu, está super decidida quanto á isso, se jogue e vá ser feliz, a sensação de liberdade é maravilhosa, se encha de personalidade e vá em frente. 

Esse post ficou enorme, mas bem explicativo, do jeitinho que eu queria, e por ultimo queria agradecer á Tamires por tudo e pelo corte lindo! 

Linda, muito obrigada!

p.s. Interessadas em doar cabelo para a confecção de perucas para crianças com câncer, entre em contato com a Cabelegria , lá eles vão te dar todas as informações de como fazer a doação, e a quantidade de cabelo que é preciso. 

É isso queridas leitoras do Cabeleira crespa, espero que tenham gostado da minha história, e que ela sirva de inspiração para muitas que estejam na mesma situação, sejam fortes e não desistam, porque tudo vai chegar na sua hora certa! Obrigada, beijão! 

Carine Oliveira

31 comentários:

  1. Parabénssss....pela atitude,vc é muito corajosa, gostei ficou linda e seu gesto de Amor em ajudar o próximo superou tudo, vc é linda por dentro e por fora, beijusss.

    ResponderExcluir
  2. Sério, ela ficou MUITO GATA com aquele lenço na cabeça depois do corte.
    Quando fiz meu BC tbm recebi as mesmas coisas, mesmos olhares de reprovação e de aprovação mas, o melhor foi receber o TOTAL apoio do meu namorado (que foi quem me incentivou a fazer o BC). Hoje em dia quando ando nas ruas com o cabelo mega cacheado, mega volumoso (adoooro) e ruivo, consigo sentir os olhares do tipo "CARACA!!! Queria um cabelo assim" e isso é incrível!
    Digo e repetirei sempre, me arrependo do dia em que coloquei química no meu cabelo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo. Parabens. Tamy xara tenho muito orgulho de vc. Estais devolvendo a identidade das mulheres.

    ResponderExcluir
  4. parabéns! atitude de uma pessoa corajosa e decidida.
    Temos que nos aceitar assim como Deus nos fez e os cachinhos logo começarão a aparecer *___* adoraria ter cabelos assim cheio de cachinhos!

    ResponderExcluir
  5. Ficou LINDA Parabéns !! Eu fiz meu BC depois de 1 ano, o cabelo estava curto mas não muito curto e realmente o cabelo fica meio estranho logo após o corte, depois de semanas é que o meu tomou jeito e ficou legal, daqui a pouco seus pais vão dizer como está bonito, no início as pessoas não aceitam bem. Beijos

    ResponderExcluir
  6. AHHHHHHHH então você é a dona do cabelo lindo que vi rodando no facebook hahaha
    Ai que saga incrível! Antes de qualquer coisa, você ficou incrivelmente linda após o BC sem dúvida nenhuma!
    Mesmo as pessoas não acreditando eu estou na fase de transição ainda, só que optei primeiro em trançar o cabelo e agora resolvi colocar mega enquanto não fica do jeito e do tamanho que eu quero!
    Preciso falar mais uma vez você está LINDA!

    Beijão da Pretinha
    http://pretapretinhablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Parabéns!!! Quando fiz o meu BC, ele tb ficou curtinho (igual ou até mais que o seu!). Nesse mundo machista e preconceituoso, quando uma mulher aparece com os cabelos curtos e além disso, anelados! Causa espanto mesmo. E sabe o bom disso, é que vc agora (com os cabelos curtos e anelados) criou um filtro, pessoas que só lingam para a aparência e pelos padrões de beleza impostos por essa mídia que só valorizam os traços dos europeus (cabelos lisos e loiros, tem mais coisa mas não vem ao caso agora...). Agora só pessoas inteligentes, bacanas e interessantes vão se aproximar de vc!!! Fique feliz com isso!rsrsrsrsrsrsr... Ah?! Vc falou do fator ressecamento após o BG, né?! Então, li algo sobre isso, isso se chama Scab hair. Parece que isso acontece devido as químicas que fazemos em nossos cabelos, com o tempo o cabelo vai melhorando. Eu li sobre isso nesse blog: http://ameseucrespo.blogspot.com.br/2013/12/scab-hair-o-estranho-cabelo-pos-big-chop.html
    Bjos e se curta muito com seu novo visual e novo eu!!!

    ResponderExcluir
  8. Ficou linda, muito mais bonita que antes do Bc e falo isso de coração. Curta seu cabelo curtinho, pois logo ele estará grande... bjaoo

    ResponderExcluir
  9. Parabéns. Decidi fazer meu BC na loucura. ficou maravilhoso. A melhor coisa que eu já fiz na vida. Sensação de liberdade. Amo a Tamiresss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi lindo fazer teu BC, Rari! Amo recíproca! ♥

      Excluir
  10. Parabéns! Ficou linda e cheia de personalidade!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada por tudo tamireeees, adorei compartilhar minha história aqui também, beijo :* / Carine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique à vontade, flor! :D xD Nós que agradecemos por você ajudar outras meninas contando sua história. =)

      Excluir
    2. Carine e Tamires, ficou simplesmente lindo e por sinal muito estilosa!
      Estou precisando fazer um BIG CHOP e estou muito encorajada..
      desapegar e ser feliz é maravilhoso em certos momentos de nossas vidas..
      vocês são do Rio ?

      Bjos Nayara

      Excluir
    3. Ficou muito linda!!! Parabéns pela coragem! Já passei por isso também... Bjim!

      Excluir
  12. muito legal sua atitude! =)
    Tbm quero doar os meus cabelos qdo for fazer o corte.
    Estou em transição a uns 6 meses, mas ainda não estou pronta para o grande corte, quero esperar mais um pouco.
    É bom ouvir histórias como a sua, nos ajuda muito.
    beiijo

    ResponderExcluir
  13. Linda!!! Se eu precisasse de transição faria o BC com certeza, acho cabelo curto muito sexy! Mostra atitude. A cabelegria é uma iniciativa e tanto não é? Fiquei apaixonada com o trabalho deles! Amei o blog!

    ResponderExcluir
  14. Vc está maravilhosa. Vai ver seus fios crescerem novos e com força total. Não cheguei a fazer o BC mas cortei bem curtinho. Me chamaram de Bob Marley, Caipora, etc. Mesmo assim me senti liberta do cabelão alisado há dez anos. Vai fazer um ano do primeiro corte. Agora corto em casa e o cabelo está crescendo bem.
    Bjs. Andrea

    ResponderExcluir
  15. Poxa, eu me emocionei de verdade eu tenho 34 anos e desde os 13 anos , uso alisantes no cabelo pra mim a mulher bonita tinha que ter cabelos longos e lisos.. vc ficou linda e me deu coragem para eu tabém voltar ser eu mesma sem fugir da minha historia sem negar minha raça . Obrigada e parabens :D

    ResponderExcluir
  16. Muita linda sua atitude, vc foi leal a si própria, às suas crenças. Parabéns. Fiz meu BC dia 28/02, sexta-feira, e foi tudo muito parecido com o que te aconteceu. Não está sendo fácil, mas não me arrependo. Foi minha atitude de carinho e respeito por mim e por quem eu sou. Mil Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Sempre achei lindo cabelos cacheados. Amo os cabelos em forma de mola... pena que o meu só foi assim até meus 6 anos. Tento faze-lo cachear na marra e nada. Não entendo como pessoas que tiveram a sorte de ter cabelos assim belíssimos querem esticá-los. Eu sou o patinho feio da família, a única com cabelos lisos, só não sei porque. Em fim, seu cabelo ficou lindo e acredito que agora deve estar belíssimo.

    ResponderExcluir
  18. Sempre achei lindo cabelos cacheados. Amo os cabelos em forma de mola... pena que o meu só foi assim até meus 6 anos. Tento faze-lo cachear na marra e nada. Não entendo como pessoas que tiveram a sorte de ter cabelos assim belíssimos querem esticá-los. Eu sou o patinho feio da família, a única com cabelos lisos, só não sei porque. Em fim, seu cabelo ficou lindo e acredito que agora deve estar belíssimo.

    ResponderExcluir
  19. Você é muito linda!Eu entrei em transição,fiquei 9 meses e cortei pra fazer permanente afro.Não gostei.Agora vou fazer de novo e vou deixar totalmente natural!

    ResponderExcluir
  20. LINDOO!! Amei sua coragem .. tô super afim, mas me cabelo é super sem forma .. Frisado na frente e um pouquinho cacheado atras.. Estou em transição a 7 meses .. #coragemeupreciso :)

    ResponderExcluir
  21. Ela já era linda antes, depois do big chop ela ficou MA-RA-VI-LHO-SA!! Tô impressionada

    ResponderExcluir
  22. Fiz um BC tbm estou me sentindo livre e feliz mas no começo foi difícil mas sei o resultado e perfeito parabéns pra VC está linda....

    ResponderExcluir
  23. Fiz o BC hoje, não tão curto assim quanto o seu, mas muito curto para o que era meu cabelo. Estou me sentindo leve e livre, é ótimo !!! Estou de bem comigo, mas confesso que no fundo sinto medo da reação das pessoas. Mas enfim, é isso ai, meus cachos estão voltando a aparecer !!!!

    ResponderExcluir
  24. Que linda sua história!!! Amei!!!É tão bom ver o cachinho novo se formando né!?
    Deixo aqui o meu depô! http://mysweetlifemsm.blogspot.com.br/2015/08/my-big-chop-sem-medo-de-ser-feliz.html
    Bjoks

    ResponderExcluir
  25. Ficou linda!!! Eu sempre amei cabelo liso e grande, mas só pude usar o meu assim durante 1 ano e meio, aí por falta de cuidados, muita química continua e cabelo frágil meu cabelo começou a cair abundantemente e tive que desistir dele liso, corte curtíssimo mas ainda não fiz o Big Chope por vergonha e me achar feia, mas depois do seu relato resolvi fazer e percebi que cabelo cacheado e curto e LINDO sim.

    ResponderExcluir

Antes de deixar seu comentário consulte o próprio blog no "Pesquise aqui", às vezes sua dúvida está em outra postagem. Mas se você não encontrar no blog, deixe seu comentário, tire suas dúvidas sem timidez! Eli e eu vamos fazer o possível para ajudá-las. Obrigada por estar conosco, xero nos cachos! xD